logo

Festival Varilux de Cinema Francês

24/11 A 07/12

Festival Varilux de Cinema Francês começa dia 25 de novembro e traz 17 filmes inéditos e dois clássicos

O EVENTO EXIBE LONGAS RECENTES DE DIRETORES COMO FRANÇOIS OZON, EMMANUELLE BERCOT, XAVIER GIANOLLI, ALBERT DUPONTEL E JULIA DUCOURNAU. DELEGAÇÃO FRANCESA PARTICIPA DE DEBATES COM O PÚBLICO EM SÃO PAULO E NO RIO DE JANEIRO

 

Cena de “Um conto de amor e desejo” (divulgação Festival Varilux de Cinema Francês/Bonfilm)

 

 

Rio de Janeiro, 17 de novembro de 2021 – Consolidado como o maior evento de filmes franceses fora da França e somando mais de um milhão de espectadores em todo país desde sua criação, o Festival Varilux de Cinema Francês chega a 12ªedição com exibição somente nos cinemas entre 25 de novembro e 8 de dezembro. Drama, romance, comédia, animação e documentário integram a programação composta por dois clássicos e 17 longas-metragens inéditos e recentes, entre premiados e participantes de festivais internacionais. Rio de Janeiro e São Paulo recebem ainda uma mostra com quatro filmes em homenagem a Jean-Paul Belmondo, ícone do cinema mundial falecido em setembro último, e delegação artística que vai debater com o público.

“Estamos felizes em poder realizar o festival novamente este ano, com maior segurança, com a pandemia estabilizada e os eventos culturais retornando em todas as cidades”, comemora Christian Boudier, codiretor e cocurador do festival.“Para nós, que em todos esses anos trabalhamos levando a cinematografia francesa para o público de cidades de todos os tamanhos e lugares do país, é muito gratificante voltar a oferecer cultura”, completa Emmanuelle Boudier, também codiretora e cocuradora do evento.

Os 17 longas-metragens inéditos nos cinemas formam uma seleção com gêneros e temáticas variadas, estreladas por astros e jovens talentos, além de diretores novos e consagrados. Na programação estão obras premiadas e participantes de festivais como Cannes, Toronto, Veneza e San Sebastian. François Ozon (Está Tudo Bem), presença recorrente no Varilux; Xavier Giannoli (Ilusões Perdidas); Emmanuelle Bercot (Enquanto Vivo); Laurent Cantet (@Arthur Rambo –Ódio nas Redes); AlbertDupontel (Adeus, Idiotas); Julia Ducournau (Titane) e Jacques Audaiard (Paris, 13 Distrito) são alguns dos diretores desta edição. Astros e estrelas como Catherine Deneuve, Sophie Marceau, Virginie Efira, Jérémie Renier, Pierre Niney, Pio Marmaie, jovens nomes como Noémie Merlant, Benjamin Voisin, Sami Outalbali e Rabah Naït também estarão presentes com seus últimos filmes.

Como em outros anos, uma delegação francesa estará em São Paulo e no Rio de Janeiro para apresentar seus filmes e conversar com o público em sessões com debate. Pela segunda vez no Brasil, Philippe Le Guay, diretor de Um intruso no porão, é um dos convidados desta edição. Com mais de 27 anos de carreira como ator, roteirista e diretor, esteve no país em 2016 para apresentar “A viagem de meu pai”, exibido no festival.

O ator Sami Outalbali vem para falar de Um Conto de Amor e Desejo, premiado segundo filme da diretora Leyla Bouzid. O longa, exibido na Semana da Crítica em Cannes, foi escolhido melhor filme e melhor ator no Festival de Cinema Francófono de Angoulême. Sami é conhecido ainda por sua participação em “Sex Education”; da Netflix.

Conhecido por sua atuação em Verão 89, de Ozon, exibido no ano passado no Varilux, o ator Benjamin Voisin vai apresentar Ilusões perdidas, drama inspirado no romance homônimo de Honoré de Balzac e dirigido por Xavier Giannoli.O ator já contracenou com nomes como Gerard Depardieu e Catherine Deneuve. Por “Verão 89” (de Ozon) recebeu o Prêmio Lumière de Melhor Revelação e concorreu ao César de Melhor Ator Promissor Masculino.

Com mais de 70 participações em produções variadas com diretores consagrados, entre eles Luc Besson, Olivier Rabourdin estará no Brasil para falar de Caixa Preta, seu mais novo longa. Já marcou presença no Varilux com filmes como “A última loucura de Clarie Darling” e “O poder de Diana”.

Além dos filmes, a edição volta a promover o Laboratório Franco-Brasileiro de Roteiros sob a coordenação de François Sauvagnargues – especialista de ficção e diretor geral do FIPA (Festival Internacional de Programação Audiovisual). Com inscrições prévias, a atividade será entre os dias 22 e 26 de novembro, no Rio de Janeiro.

Já estão confirmadas as seguintes cidades nesta edição do Festival Varilux: Aracaju (SE), Araraquara (SP), Balneário Camboriú (SC), Barueri (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Botucatu (SP), Brasília (DF), Campinas (SP), Campo Grande (MS), Caxias do Sul (RS), Cotia (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), Indaiatuba (SP), Jaboatão dos Guararapes (PE), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Jundiaí (SP), Limeira (SP), Londrina (PR), Macaé (RJ), Maceió (AL), Manaus (AM), Maringá (RS), Natal (RN), Niterói (RJ), Nova Friburgo (RJ), Palmas (TO), Pelotas (RS), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Santos (SP), São Carlos (SP), São José dos Campos (SP), São Luis (MA), São Paulo (SP), Sorocaba (SP), Teresina (PI), Vitória (ES), Vitória da Conquista (BA). A lista de cidades e cinemas participantes estará em breve no site do festival, https://variluxcinefrances.com/2021. O valor do ingresso é o já cobrado por cada exibidor.

O Festival Varilux de Cinema Francês é realizado pela produtora Bonfilm e tem como patrocinador principal a Essilor/Varilux, além do Ministério do Turismo, Secretaria especial da Cultura, o Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Cultura e Economia Criativa e a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura. Outros parceiros importantes são as unidades das Alianças Francesas em todo Brasil; a Embaixada da França no Brasil; as empresas Club Med, Air France, Fairmont e Ingresso.com; as distribuidoras dos filmes desta edição Bonfilm, California Filmes, Mares Filmes, PlayArte, Synapse e Vitrine Filmes; e os exibidores de cinema independente/de arte e as grandes redes de cinema comercial.

Clique aqui para comprar ingressos.

 

Programação:

25/11 (qui) 

14h – Nosso Legado (Duração 1h40) 

16h10 – Mentes Extraordinárias (Duração 1h30) 

18h10 – Delicioso (Duração 1h55) 

20h35 – Um Intruso no Porão (Duração 1h55) 

 

 26/11 (sex) 

14h15 – Madrugada em Paris (Duração 1h25) 

16h10 – Arthur Rambo, Ódio nas Redes (Duração 1h30) 

18h10 – Enquanto Vivo (Duração 2h00) 

20h40 – Tralala (Duração 2h00) 

 

27/11 (sab) 

14h – Paris, 13º Distrito (Duração 1h45) 

16h15 – Delicioso (Duração 1h55) 

18h40 – Caixa Preta (Duração 2h10) 

21h20 – Mentes Extraordinárias (Duração 1h30) 

 

28/11 (dom) 

13h30 – A Travessia (Duração 1h25)  

15h25 – Um conto de Amor e Desejo (Duração 1h40) 

17h35 – Adeus, Idiota (Duração 1h30) 

19h35– Ilusões Perdidas (Duração 2h30) 

 

29/11 (seg) 

14h15 – Arthur Rambo, Ódio nas Redes (Duração 1h30) 

16h15 – Um Intruso no Porão (Duração 1h55) 

18h40 – Está Tudo Bem (Duração 1h50) 

21h – Um conto de Amor e Desejo (Duração 1h40) 

 

30/11 (ter) 

13h45 – Caixa Preta (Duração 2h10) 

16h25 – Adeus, Idiota (Duração 1h30) 

18h25 – Tralala (Duração 2h00) 

20h55 – Pequena lição de Amor (Duração 1h30) 

 

02/12 (qui) 

14 – Ilusões Perdidas (Duração 2h30) 

17h – Pequena lição de Amor (Duração 1h30) 

19h – Arthur Rambo, Ódio nas Redes (Duração 1h30) 

21 – Madrugada em Paris (Duração 1h25) 

 

03/12 (sex) 

14h15 – Tralala (Duração 2h00) 

16h45 – Madrugada em Paris (Duração 1h25) 

18h40 – Mentes Extraordinárias (Duração 1h30) 

20h40 – Caixa Preta (Duração 2h10) 

 

04/12 (sáb) 

14h30 – A Travessia (Duração 1h25)  

16:25 – Paris, 13º Distrito (Duração 1h45) 

18h40 – Um Intruso no Porão (Duração 1h55) 

21h05 – Está Tudo Bem (Duração 1h50) 

 

05/12 (dom) 

14h – Pequena lição de Amor (Duração 1h30) 

16h – O Magnífico (Duração 1h35) 

18h05 – Enquanto Vivo (Duração 2h00)

20h35 – Delicioso (Duração 1h55) 

 

06/12 (seg) 

14h – Adeus, Idiota (Duração 1h30) 

16h – Ilusões Perdidas (Duração 2h30) 

19h – As Coisas da Vida (Duração 1h30) 

21h – Paris, 13º Distrito (Duração 1h45) 

 

07/12 (ter) 

13h45 – Um conto de Amor e Desejo (Duração 1h40)

15h55 – Está Tudo Bem (Duração 1h50) 

18h15 – Nosso Legado (Duração 1h40) 

20h25– Enquanto Vivo (Duração 2h00) 

 

Clique aqui para ver as sinopses dos filmes